UM DIA NA CÂMARA COM RAQUEL

Fátima Bento 

Já morei em Brasília há um tempo atrás, mas a capital federal nunca esteve tão linda e bem cuidada. Passear pela cidade é um colírio para os olhos: o verde predomina a paisagem, a grama, podada uniformemente em todos os lugares, árvores frutíferas por todos os cantos, ninguém se atreve a depredar tudo que ali é plantado sem os frutos estarem prontos a serem colhidos. Muito lindo mesmo.

João Marques e eu, fomos convidados a fazer uma visita a nossa deputada Raquel Muniz, mas, antes disso, fomos fazer uma visita aos coordenadores do Impeachment que estão há muitos dias em frente o Congresso Nacional.  Como é gostoso de a gente ver como o pessoal tá lutando por um Brasil melhor. Não tem chuva, não tem frio, não tem nada que os fazem  sair dali.

Fomos nos encontrar com Raquel, recebidos pela equipe de Gabinete comandada pela sua assessora Ana Karienina,  menina decidida, exemplar, inteligente. Ela é quem cuida de toda a agenda, escreve os discursos, ela é quem dá as cartas para que a deputada seja a parlamentar mais popular, querida, e cortejada naquela Casa legislativa.

Defunta por um dia. E a Terra parou...

Fátima Bento 

A noite estava perfeita, fresca, céu estrelado, tudo muito lindo, quando de repente lá pelas vinte e três horas, Monique chega com Serginho desesperados, batendo na porta do meu cafofo. Monique, coitada, com os olhos estatalados, me abreçou em soluços dizendo: - Mamãe você tá viva??

Fiquei sem entender. Estava mais por fora do que umbigo de piriguete. 

Acalmando os dois, sentamo-nos no sofá vermelho, e eles me explicaram que alguém havia colocado no facebook sobre a minha morte. Não havia visto, estava jogando buraco online, o telefone fixo no silencioso, e o celular sem bateria.

Fui logo à internet pra ver. Havia uma chamara inbox de Márcia Abreu, me dizendo o acontecido. Ela estava desesperada, ligara para a minha irmã Geraldinha, e ninguém sabia o que realmente teria acontecido.

Nova Ordem Mundial

Fátima Bento 

Como diria aquele macaco de programa humorístico da Globo,  eu só queria entender... 

Alguma coisa errada está acontecendo no mundo. Vejamos: 

-Os países pobres, emergentes, não estão tendo apoio das grandes potências, da ONU, e das entidades defensoras dos Direitos Humanos. Vejamos o caso do Haiti, e de alguns países da África.

- Os países da América Latina e do Caribe estão um caos só. Vejamos como está a Venezuela... Aí eu me pergunto: Cadê o bacanão do Obama?

- Aviões desaparecendo, sendo abatidos, e milhares de vidas indo embora, embarcações também.

- As doenças sem controle, principalmente no continente africano, onde a raça negra predomina.

- Tem até brasileiro indo pra Marte, numa missão espacial norte-americana. E falta incentivo pros cientistas acharem uma solução pra curar do câncer.

- Ninguém nem se lembra mais do Haiti, país devastado pelo terremoto, onde a população fica ao "Deus dará". ( país de negros, também).

FALECIMENTO: Seria cômico se não fosse trágico.

Fátima Bento

Eram apenas seis horas da manhã, quando o meu interfone tocou.

- Quem é?

- É do hospital, o médico mandou chamar alguém da família.

Eu logo me vi órfã de pai também, tudo passou pela minha cabeça como num filme.

Liguei logo para a minha irmã, dizendo a ela que o nosso pais havia falecido, e que nos encontrássemos no hospital.

Poucos minutos que lá estava, chega a minha irmã em prantos, fomos direto para a porta do CTI para saber da verdade.

Coisa que chateia a gente

Fátima Bento 

NO CONSULTÓRIO MÉDICO.

- Bom dia! ( eu disse à secretária).

-Bom dia!

-Tenho uma consulta marcada pras 8:00h.

- Me empresta a sua identidade?

- Taí.

- Endereço, nome do pai e da mãe, estado civil, idade?

- Uai. Te dei a carteira, nela consta a minha idade.

Mais artigos...

  1. .
  2. .